Santos Juninos

Publicado por: Paróquia São José Trabalhador 10/06/2016

O mês de junho tem uma identidade muito própria. Comida tradicional, roupas típicas, músicas festivas e a celebração de vários santos padroeiros.

Santo Antônio | 13 de junho

Considerado padroeiro dos pobres, Santo Antônio nasceu em uma família de alta nobreza em Lisboa no dia 15 de agosto de 1195. Abandonou a ideia de seguir carreira militar e ingressou na Ordem Franciscana ainda adolescente. Foi ordenado sacerdote com 25 anos. Santo Antônio foi missionário na África e um grande professor. Chegou a lecionar aulas de teologia em diversas universidades europeias. Faleceu muito jovem (aos 36 anos), em Pádua, no dia 13 de junho – data consagrada a celebrar sua vida e história. Na cidade foi erguido um lindo templo em homenagem ao santo, onde estão várias de suas relíquias. Dentro da tradição popular é chamado de casamenteiro e auxilia na busca por objetos perdidos.

São João | 24 de junho

sao-joao-santo

São João talvez seja o mais celebrado de todos os santos juninos, tanto que em muitos lugares esse período também é conhecido como festas joaninas. Foi ele quem batizou Jesus Cristo. Daí vem o nome Batista, o “batizado”. É comumente representado por um menino com um cordeiro no colo, já que São João anunciou aos homens a chegada do cordeiro de Deus. Padroeiro da amizade, São João Batista foi profeta eremita, mártir e primo de Jesus. Pregava às margens do Rio Jordão e é considerado o protetor dos casados e enfermos. É o único santo cujo nascimento (24 de junho) e martírio (29 de agosto) são celebrados em duas solenidades distintas pelos cristãos.

São Pedro | 29 de junho

sao-pedro

São Pedro foi um humilde pescador que ao seguir os passos de Jesus acabou se tornando o primeiro Papa da Igreja Católica. Líder dos apóstolos, ele é considerado fundador da Santa Sé de Roma junto com São Paulo. Em todas as passagens do Novo Testamento São Pedro aparece como o primeiro apóstolo, inclusive estava ao lado do Mestre na organização da Última Ceia. Foi Pedro quem negou Jesus três vezes antes da crucificação, mas devido à sua história única com o Senhor foi o primeiro a ver o Cristo depois de ressuscitado. São Pedro tornou-se um grande instrumento de propagação do Evangelho. Segundo a tradição cristã ele é guardião das chaves do céu e responsável pelas chuvas.

São Paulo | 29 de junho

sao-paulo

 Apesar de ter seu dia comemorado junto com São Pedro (os dois foram condenados em 29 de junho), São Paulo não é exatamente um santo celebrado nas festas juninas. Foi o apóstolo dos gentios, um perseguidor que se transformou no grande anunciador do Cristianismo. Depois da sua conversão às portas de Damasco (sua queda do cavalo passou a ser símbolo de toda conversão – At. 9, 4), fundou as primeiras comunidades cristãs. Escreveu algumas Cartas Canônicas, algumas das mais lidas dentro do universo bíblico. Treze epístolas do Novo Testamento são atribuídas a ele. É considerado o maior propagador do cristianismo depois de Cristo. Líder e influente, deixou como  legado a formação de grandes nações cristãs. 

Blog, Santos Comentários desativados em Santos Juninos


Comentários do Facebook

Copyright ©2019 | Arquidiocese de Curitiba - Paróquia São José Trabalhador | Todos os direitos reservados.

Desenvolvido por Dintstudio
×Fechar